Indian apresenta três novos modelos

Com apenas dois anos no Brasil, a Indian acredita no potencial de mercado brasileiro. Este ano, deve emplacar 400 unidades, mesmo número de 2016, porém para Rodrigo Lourenço, diretor geral para a América do Sul, o país continua sendo relevante e tem uma função estratégica como principal mercado da América Latina. “Continuamos acreditando na retomada da economia a médio prazo, ainda que o cenário econômico atual demande cautela”, disse.

No Salão Duas Rodas deste ano, a empresa apresentou três modelos inéditos no mercado brasileiro, com predominância do preto fosco e com menos cromados: a Scout Bobber, a Chief Dark Horse e a Chieftain Dark Horse.

Scout Bobber

Com design minimalista, Scout Bobber estreia por R$ 49,990

Design minimalista, pintura em preto fosco, guidão mais plano e largo, para-lamas curto na dianteira e traseira e pneus de uso misto são algumas das características da Scout Bobber, que chega com preço a partir de R$ 49.990.

O conjunto mecânico é o mesmo da Scout: motor V-Twin de 1133 cc de refrigeração líquida e transmissão de seis marchas. Segundo a marca, é extremamente ágil, conta com excelente capacidade de frenagem e condução muito leve. Tem força em baixa e uma elasticidade em alta que vai muito além do segmento Custom.

Além do acabamento preto fosco, a Scout Bobber conta com as cores prata e bronze, também foscas, e do vermelho Indian Motorcycle Red.

Chief Dark Horse

Chassi em alumínio forjado, sistema de partida sem chave, cruise control são alguns destaques do modelo de R$ 69.990

A nova Indian Chief Dark Horse traz a predominância do preto fosco e a redução dos cromados para conferir um design mais agressivo e moderno. A mudança nas cores vai além da pintura; o painel tem fundo preto, os piscas acabamento fosco, as rodas de alumínio são preto brilhante e o histórico logo em cinza no tanque são itens exclusivos para a versão Dark Horse.

É equipada com motor V- Twin Thunder Stroke 111 de 1811 cc, transmissão de seis marchas, chassi em alumínio forjado, sistema de partida sem chave, cruise control e lampejador de farol. Disponível na cor preto fosco (Black Smoke), por R$ 69.990.

Chieftain Dark Horse

Estradeira, a moto conta com display de 7 polegadas touchscreen, tela de alta resolução e sensível à luva

A estradeira de estilo agressivo abusa do preto fosco, presente no escudo frontal e nos alforjes. O para-lama dianteiro aberto destaca a roda aro 19 com dez raios e acabamento preto brilhante. Conta com o mesmo conjunto mecânico da Chief Dark Horse, e equipamentos como monitoramento de pressão dos pneus, alarme imobilizador, sistema de áudio de 100 watts e travas elétricas dos alforjes por controle remoto, além de contar com o sistema Ride Command: display de 7 polegadas touchscreen, tela de alta resolução e sensível à luva, sistema de navegação, Bluetooth, entrada USB e 8 telas para personalização de informações. Disponível na cor preto fosco (Black Smoke). Tudo por R$ 94.990

Alexandre Akashi

Alexandre Akashi

Editor da Revista Farol Alto alexandre@farolalto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.