Triumph apresenta duas novidades no Salão Duas Rodas

A Triumph completa 115 anos de história no mundo e cinco no Brasil, onde já conta com frota superior a 20.000 motos, market share de 13% no segmento premium. No Salão Duas Rodas deste ano, a montadora inglesa expôs 24 motocicletas dos segmentos Classic, Adventure e Roadster, com destaque para a nova Tiger 800, apresentada globalmente em Milão, na Itália, semanas antes, e que foi exibida pela primeira vez no Brasil. Outra novidade foi a Bonneville T100 Black, equipada com motor de 900 cc, inspirada nas lendárias Bonneville de 1959.

A Tiger 800 recebeu mais de 200 melhorias no chassi e motor

A Tiger 800 recebeu atualizações na capacidade off-road e no conforto em qualquer tipo de piso, que somam mais de 200 melhorias no chassi e motor. O motor três cilindros com 800 cc confere agora pico de potência de 95 cv, e um novo modo de pilotagem, “Off-Road Pro”, voltado para motociclistas mais experientes na condução fora-de-estrada, com até seis opções de modos de pilotagem diferentes. É possível, por exemplo, desligar os sistemas eletrônicos de auxílio e ficar totalmente no comando da motocicleta.

Outras melhorias incluem painel de instrumentos TFT colorido de cinco polegadas, freios dianteiros Brembo, configurações de suspensão otimizadas, punhos acoplados ao guidão incorporando botões com iluminação de fundo, iluminação LED mais eficiente, piloto automático atualizado, quadro avançado e carenagem especial. A nova Tiger 800 chegará em junho de 2018, em três modelos: XRx low seat, XRT e XCa.

Bonneville

Com peso menor e entre-eixos mais curto, a Bonneville T100 Black é mais fácil de pilotar

A Bonneville T100 Black reúne personalidade inspirado nas Bonneville de 1959, tecnologia de ponta, acabamento sofisticado e mais de 150 acessórios para customização. Os acabamentos de inspiração clássica incluem diversos componentes inteiramente pretos, como aros das rodas, escapamento duplo peashooter e a tampa do motor.

Um dos destaques tecnológicos é a nova configuração de chassi e suspensão, que melhora significativamente os níveis de conforto. O modelo também é mais fácil de pilotar do que a T120, graças ao seu peso menor, e também apresenta entre-eixos mais curto do que a antiga T100.

Isso tudo, combinado com uma altura de assento baixa e uma posição de pilotagem relaxada, fazem da Bonneville T100 Black uma motocicleta mais acessível e fácil de ser pilotada. A T100 Black vem com motor de 900 cc, que proporciona mais torque, maior economia de combustível e um som incrível. O propulsor recebeu um ajuste para atingir um torque mais elevado em rotações bem baixas – 80 Nm a 3.200 rpm (18% acima da geração anterior do modelo). Chega ao mercado em junho do ano que vem.

Alexandre Akashi

Alexandre Akashi

Editor da Revista Farol Alto
alexandre@farolalto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *