Fiat Cronos acirra segmento dos sedans compactos

O Fiat Cronos chegou e o Volkswagen Virtus que se cuide. O novo sedan compacto da FCA tem qualidades que superam o rival, mas, sem dúvidas, tem menos tecnologia. O bom é que custa menos. Tem versões a partir de R$ 53.990.

São cinco versões ao todo: Cronos 1.3, Cronos Drive 1.3 (R$ 55.990), Cronos Drive 1.3 GRS (R$ 60.990), Cronos Precision 1.8 (R$ 62.990) e Cronos Precision 1.8 AT (R$ 69.990). As duas primeira e a Precision 1.8 contam com câmbio manual de cinco marchas, a Drive 1.3 GRS vem com câmbio automatizado de cinco marchas e a Precision 1.8 AT tem câmbio automático de seis marchas.

Design
Engana-se quem pensa que o Cronos é o sedan do Argo. Segundo a FCA, somente os faróis são iguais. O resto é todo dele, apesar de 30% das peças totais de ambos modelos serem compatíveis, incluindo componentes de motor e câmbio.

As linhas do novo sedan remetem a um carro maior do que realmente é. E chama atenção a semelhança com outros modelos, como o Audi A3 Sedan, principalmente a curva da tampa do porta-malas, com as lanternas traseiras alongadas.

Motor

Motor 1.3 Firefly, de 109 cv (etanol)

Assim como o Argo, a FCA adotou os motores 1.3 Firefly e 1.8 E.torQ, que agora conta com coletor de admissão variável. Não há opção 1.0, para não atrapalhar as vendas do Fiat Grand Siena, que permanece em linha com os motores de quatro cilindros de 1.0 e 1.4 litro.

Motor 1.8 E.torQ, de 139 cv (etanol)

O 1.3 Firefly rende até 109 cv de potência quando abastecido com etanol, e o 1.8, 139 cv também com etanol. O torque máximo do 1.3 é de 14,2 kgfm (etanol) a 3.500 rpm, e do 1.8, 19,3 kgfm a 3.750 rpm (etanol).

Versões

Interior da versão 1.3 e Drive 1.3 manual

O Cronos de entrada vem com câmbio é manual de cinco marchas, ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos (dianteiros), trava elétrica, chave com telecomando, rádio com conexões Bluetooth e USB, computador de bordo, volante com comandos de rádio e telefone, display TFT de 3,5 polegadas e alta resolução no painel de instrumentos, ISOFIX, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, ajuste de altura do banco do motorista, sistema sinalizador de frenagem de emergência, e volante regulável em altura. Esta versão não permite incluir opcionais.

A versão 1.3 Drive vem ainda com sistema multimídia Uconnect Touch 7 polegadas e uma segunda porta USB, para os passageiros traseiros. Como opcionais estão disponíveis o Kit Stile (R$ 2.990), com faróis de neblina, banco traseiro bipartido e rodas de liga leve 15”, Kit Parking (R$ 1.600), com câmera de ré com linhas dinâmicas e sensor de estacionamento, Kit Convenience (R$ 1.990), com retrovisores elétricos com ajuste automático do espelho do lado do passageiro para uma posição mais baixa nas manobras de ré e repetidores de seta integrados, vidros elétricos traseiros, e alarme (R$ 650). Completo, sai por R$ 63.990.

Cronos Drive 1.3 GSR

Interior da versão Drive 1.3 GRS

Além dos itens da versão anterior, esta versão conta com câmbio automatizado GSR (Gear Smart Ride) Comfort de cinco marchas com controle por botões no console central, borboletas atrás do volante, sistema Start&Stop, luzes ambientes, controle de velocidade de cruzeiro, apoio de braço para o motorista, vidros elétricos traseiros, retrovisores elétricos com tilt down e repetidores de seta integrados, ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade), TC (Controle de Tração) e HH (Hill Holder). Como opcionais estão disponíveis o Kit Stile (R$ 2.990) com faróis de neblina, banco traseiro bipartido, rodas de liga leve 15”, e o Kit Parking (R$ 1.600) câmera de ré com sensor de estacionamento, além do alarme (R$ 650). Completo, sai por R$ 66.230

Cronos Precision 1.8

Interior da versão Precision 1.8 manual

Com câmbio manual de cinco marchas, a versão é equipada com motor 1.8 E.torQ Evo VIS. Conta com todos os equipamentos da versão Drive 1.3, além de faróis com luz de posição em LED, rodas de liga leve de 16 polegadas, faróis de neblina, retrovisores elétricos com tiltdown e repetidores de seta integrados, vidros elétricos traseiros, banco traseiro bipartido, sensor de estacionamento traseiro e alarme. Os kits opcionais são Side Bags (R$ 2.600) airbags laterais dianteiros, Câmera de ré (R$ 650), Kit Tech (R$ 3.990) com display TFT de 7 polegadas e alta resolução no painel de instrumentos, ar-condicionado automático digital, espelho retrovisor interno com sensor de ofuscamento, espelhos retrovisores externos com rebatimento elétrico e puddle lamps, Keyless Entry ’N’ Go, sensor de chuva, sensor de luminosidade, e Kit Style (R$ 3.500), com bancos em couro, maçanetas e frisos das portas cromados e rodas de liga leve de 17 polegadas. Completo, sai por R$ 73.730.

Interior da versão Precision 1.8 automática

Já a versão topo de linha, Precision 1.8 AT6, conta com câmbio automático de seis marchas e todos itens da versão anterior, acrescida de borboletas atrás do volante, controle de velocidade de cruzeiro, luzes ambientes, apoio de braço para o motorista, volante revestido de couro e maçanetas e frisos das portas cromados. Os itens opcionais disponíveis para esta versão são os mesmos da Precision 1.8, com exceção das maçanetas e frisos cromados (de série aqui).

Cores
O novo Fiat Cronos chega oito cores, três sólidas (Branco Banchisa, Preto Vulcano e Vermelho Alpine), três metálicas (Prata Bari, Cinza Scandium e Preto Vesúvio) e duas perolizadas (Branco Alaska e Vermelho Marsala). A garantia é de três anos, sem limite de quilometragem.

Primeiras impressões
Com pouco tempo para teste drive, optamos em avaliar apenas a versão intermediária, o Cronos Drive 1.3 GSR, que veio equipado com todos os opcionais disponíveis. O desempenho do motor é suficiente para rodar tranquilo com o veículo, e o comportamento dinâmico da suspensão está de acordo com o proposto para a versão: carro de família para uso diário.

Assista ao vídeo promocional de lançamento do modelo

O interior é bem acabado e confortável, com posição de dirigir bastante agradável. Chega a ser melhor do que a concorrência. Mas, o câmbio GRS ainda não é perfeito e fica atrás dos automáticos de seis marchas que VW Virtus ou Chevrolet Cobalt oferece. Passou da hora de a FCA aposentar a tecnologia do automatizado para veículos desta categoria.

Mas, o GRS tem uma função extraordinária que os concorrentes não oferecem: controle de velocidade em descidas. Numa situação de ladeira íngreme, sem acelerar, o carro mantém a velocidade baixa sem precisar pisar no freio. Muito bom.

Outra habilidade interessante do câmbio GRS é que no modo manual ele segura a marcha quando o motor atinge o limite de rotação, ao contrário da maioria dos automáticos que troca a marcha para cima, por ‘segurança’. Se é para ser manual, essa é a forma certa de o câmbio agir. No entanto, todas essas características podem ser programadas também em uma transmissão automática, basta a marca pedir ao fornecedor.

Ficha técnica
Fiat Cronos 1.3 e Drive 1.3
Motor: dianteiro, transversal, flex, 4 cilindros, 1332 cm³, 8 v, 109 cv a 6250 rpm (etanol)/101 cv a 6000 rpm (gasolina), 14,2/13,7 kgfm a 3500 rpm (e/g); diâmetro x curso: 70 x 86,5 mm; taxa de compressão: 13,2:1
Câmbio: manual de 5 marchas
Tração: dianteira
Direção: assistência elétrica
Suspensão: independente na dianteira, tipo McPherson, e eixo de torção na traseira
Freios: disco ventilados na dianteira (257 mm) e tambor na traseira (203 mm)
Rodas e pneus: aço 185/60 R15
Dimensões: comprimento, 4364 mm; largura, 1726 mm; altura, 1508 mm; entre-eixos, 2521 mm, peso, 1139 kg, porta-malas, 525 l; tanque de combustível, 48 l
Desempenho: velocidade máxima, 183/178 km/h (e/g); aceleração 0 a 100 km/h: 11,5/12,3 s (e/g)
Consumo PBE-V Inmetro: cidade – 8,5/12,4 km/l (e/g); estrada – 10,3/14,8 km/l (e/g)

Fiat Cronos Drive 1.3 GRS
Motor: dianteiro, transversal, flex, 4 cilindros, 1332 cm³, 8 v, 109 cv a 6250 rpm (etanol)/101 cv a 6000 rpm (gasolina), 14,2/13,7 kgfm a 3500 rpm (e/g); diâmetro x curso: 70 x 86,5 mm; taxa de compressão: 13,2:1
Câmbio: robotizado de 5 marchas
Tração: dianteira
Direção: assistência elétrica
Suspensão: independente na dianteira, tipo McPherson, e eixo de torção na traseira
Freios: disco ventilados na dianteira (257 mm) e tambor na traseira (203 mm)
Rodas e pneus: aço 185/60 R15
Dimensões: comprimento, 4364 mm; largura, 1726 mm; altura, 1508 mm; entre-eixos, 2521 mm, peso, 1159 kg, porta-malas, 525 l; tanque de combustível, 48 l
Desempenho: velocidade máxima, 183/178 km/h (e/g); aceleração 0 a 100 km/h: 11,5/12,2 s (e/g)
Consumo PBE-V Inmetro: cidade – 8,8/12,7 km/l (e/g); estrada – 10,4/14,8 km/l (e/g)

Fiat Cronos Precision 1.8 MT
Motor: dianteiro, transversal, flex, 4 cilindros, 1747 cm³, 16 v, 139/135 cv a 5750 rpm (etanol/gasolina), 19,3/18,8 kgfm a 3750 rpm (e/g); diâmetro x curso: 80,5 x 85,8 mm; taxa de compressão: 12,5:1
Câmbio: manual de 5 marchas
Tração: dianteira
Direção: assistência elétrica
Suspensão: independente na dianteira, tipo McPherson, e eixo de torção na traseira
Freios: disco ventilados na dianteira (284 mm) e tambor na traseira (203 mm)
Rodas e pneus: liga leve 195/55 R16
Dimensões: comprimento, 4364 mm; largura, 1726 mm; altura, 1508 mm; entre-eixos, 2521 mm, peso, 1248 kg, porta-malas, 525 l; tanque de combustível, 48 l
Desempenho: velocidade máxima, 198/196 km/h (e/g); aceleração 0 a 100 km/h: 9,2/9,6 s (e/g)
Consumo PBE-V Inmetro: cidade – 8/11,6 km/l (e/g); estrada – 9,6/13,8 km/l (e/g)

Fiat Cronos Precision 1.8 AT6
Motor: dianteiro, transversal, flex, 4 cilindros, 1747 cm³, 16 v, 139/135 cv a 5750 rpm (etanol/gasolina), 19,3/18,8 kgfm a 3750 rpm (e/g); diâmetro x curso: 80,5 x 85,8 mm; taxa de compressão: 12,5:1
Câmbio: automático de 6 marchas
Tração: dianteira
Direção: assistência elétrica
Suspensão: independente na dianteira, tipo McPherson, e eixo de torção na traseira
Freios: disco ventilados na dianteira (284 mm) e tambor na traseira (203 mm)
Rodas e pneus: liga leve 195/55 R16
Dimensões: comprimento, 4364 mm; largura, 1726 mm; altura, 1508 mm; entre-eixos, 2521 mm, peso, 1271 kg, porta-malas, 525 l; tanque de combustível, 48 l
Desempenho: velocidade máxima, 196/195 km/h (e/g); aceleração 0 a 100 km/h: 9,9/1,8 s (e/g)
Consumo PBE-V Inmetro: cidade – 7,2/10,3 km/l (e/g); estrada – 9,6/13,3 km/l (e/g)

Alexandre Akashi

Alexandre Akashi

Editor da Revista Farol Alto alexandre@farolalto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.