Final feliz para o Chevrolet Cruze

Há dois meses publiquei neste espaço artigo sobre um problema que tive ao adquirir um motor parcial em uma concessionária Chevrolet, a Nova, daqui da região do Tatuapé, zona Leste de São Paulo. Foi um perrenge interminável, pois nem a concessionária que me vendeu o componente, nem o serviço de atendimento ao consumidor da GM do Brasil atenderam minhas reclamações, e o caso estava indo para a justiça.

A Nova e a GM insistiram para que eu levasse o carro à concessionária e pagasse R$ 600 para diagnostico do problema. Absurdo isso, pois não há como eu ter montado o motor de forma errada, uma vez que ele já vem montado da fábrica. O erro era deles e nem eu nem meu cliente iríamos pagar por um diagnóstico tão absurdo como este.

Graças ao gerente de pós-vendas da Vigorito, Bruno Cesar, o motor parcial do Cruze foi trocado sem custos adicionais para o dono do carro, que no final ficou satisfeito com a resolução do problema

Meu amigo e colega de profissão, Julio de Souza, da Souza Car, comentou que é cliente da concessionária Vigorito, e sugeriu que entrássemos em contato com eles. Falamos com o gerente de serviços da Vigorito, Bruno Cesar, sobre o problema, explicamos o ocorrido e após alguns dias ele me solicitou a nota fiscal do motor adquirido na outra concessionária, para abrir uma solicitação de garantia na GM.

Passados vinte dias, Bruno pediu que eu levasse o carro à Vigorito. Solicitei um guincho e mandei para lá. Após uma semana ele desmontou todo o motor e mandou fotos e laudos para a GM. No dia 15 de março ele informou que a GM autorizou a troca do motor e do cabeçote em garantia.

Com muita boa
vontade, a Vigorito
resolveu o impasse

O veiculo foi montado na oficina da Vigorito e entregue no dia 23 de março sem qualquer custo para o cliente. Vale ressaltar que eu não comprei o motor lá , mas ele prontamente encaminhou todo o processo sem nenhum questionamento sobre o serviço que foi realizado na Torigoe ou sobre a condução do veiculo pelo cliente.

Este é um exemplo de bom atendimento, algo que deveria ser normal mas infelizmente, no Brasil, é caso raro. O gerente de serviços da Vigorito não tinha obrigação nenhuma de me atender, ao contrário de quem me vendeu o motor, mas teve boa vontade em resolver o problema do meu cliente.

E volto a ressaltar que o defeito do motor foi da fábrica, e não de mau uso ou de montagem na oficina, tanto que a GM trocou a peça em garantia. Se tivesse sido qualquer outro problema, a montadora não teria trocado o componente.

Sergio Torigoe

Sergio Torigoe

Engenheiro mecânico, proprietário do Centro de Diagnóstico Automotivo Torigoe, na Rua Serra de Botucatú, 2724, Tatuapé. (11) 2097-8440

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.