Triumph lança as novas Tiger 800 e 1200

A Triumph está lançando no Brasil as novas motos  Tiger 800 e 1200. A Tiger 800 recebeu mais de 200 inovações, principalmente no quadro e no motor, conta com seis modelos: Tiger 800 XR (R$ 43.190,00), Tiger 800 XRx (R$ 48.890,00), Tiger 800 XRx low seat (R$ 48.890,00), Tiger 800 XCx (R$ 51.390,00), Tiger 800 XRt (R$ 54.890,00) e Tiger 800 XCa (R$ 55.890,00).  Já Tiger 1200 está disponível em três modelos: Tiger 1200 XR (R$ 60.090,00), Tiger 1200 XCx (R$ 73.190,00) e Tiger 1200 XCa (R$ 83.490,00).

A Tiger 800 recebeu melhorias importantes como a introdução do novo motor tricilíndrico de última geração, com 800 cc, 95 cv @ 9.500 rpm, torque máximo de 77 Nm @ 8.000 rpm, o escapamento ficou mais leve e teve o seu fluxo aprimorado. A linha ganhou ainda uma nova relação de marchas que oferece uma primeira marcha mais curta para aumentar a tração off-road e a resposta de baixa velocidade.

Também ganhou um novo modo de pilotagem, o “Off-Road Pro”, voltado para motociclistas mais experientes na condução fora-de-estrada, com até seis opções de modos de pilotagem diferentes. Agora é possível, por exemplo, desligar os sistemas eletrônicos de auxílio e ficar totalmente no comando da motocicleta. Outras inovações são a incorporação de freios dianteiros Brembo de alta especificação, suspensão Showa ajustável e novos pneus off-road.

A ergonomia do piloto também recebeu melhorias, com o recuo do guidão em 10 mm, em uma posição de pilotagem mais imponente, a instalação de um novo para-brisa ajustável manualmente em até cinco, duas posições de altura do assento (810-830 mm nos modelos XR, 840-860 mm nos modelos XC), ajustáveis em 20 mm para adaptar-se ao estilo de pilotagem e ao terreno. Há também a Tiger 800 XRx low seat, com altura baixa da suspensão que, a 760 mm, é 50 mm mais baixa que as demais Tiger 800 XR.

A carenagem inclui acabamentos de pintura de alta qualidade, novo design do painel de instrumentos TFT coloridos de cinco polegadas (com uma gama completa de cores para fornecer informações precisas e claras ao piloto), freios dianteiros Brembo, configurações de suspensão otimizadas, punhos acoplados ao guidão incorporando botões com iluminação de fundo, iluminação LED, piloto automático atualizado, freios ABS, controle de tração, acelerador eletrônico, piloto automático e assentos e manoplas aquecidas.

 

Tiger 1200

Para a nova Tiger 1200, teve uma redução de peso em até 10 quilos, em comparação à geração anterior. Desenvolvimentos no motor, quadro e sistema de escapamento, contribuíram para reduzir o peso, o que também melhorou a resposta e a capacidade dinâmica, aumentou a sua agilidade e manobrabilidade – tanto na estrada quanto no off-road.

Equipada com um propulsor de 1.215 cilindradas, 141 cavalos de potência, a marca investiu na embreagem que conta com suporte de torque, sistema que auxilia no controle do piloto em todas as superfícies, novo conjunto de assento, posicionamento do guidão e geometria melhorada do quadro aumentam a ergonomia do piloto para uma posição de pilotagem com maior conforto em longas distâncias.

A moto também conta com piloto automático atualizado, tela ajustável com display TFT colorido, nova iluminação de LED, novos interruptores com design ergonômico e iluminação de fundo, manoplas com aquecimento, um novo sistema assistente para mudanças de marcha sem a embreagem (tanto para aumentar quanto diminuir a marcha), ignição sem chave “amigável ao piloto.

A Tiger 1200 oferece várias opções de recursos, como sistemas de gestão totalmente integrados controlados por uma Unidade de Medição de Momento de Inércia (IMU), sistema de frenagem integrado, freios ABS e controle de tração otimizados para curvas, controle de arranque em subida, acelerador eletrônico e até seis modos de pilotagem para configurar a motocicleta para que ela se adapte facilmente ao terreno ao apertar um botão, para-brisa ajustável eletricamente . Freios Brembo, suspensão WP ajustável controlada pela tecnologia Triumph de suspensão semi-ativa, duas posições de altura do assento (835-855 mm), ajustáveis em 20 mm para adaptação ao estilo de pilotagem e ao terreno.

 

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *