Randon entrega primeiro lote de vagões

A unidade de Araraquara, em São Paulo, da Random  já produz o primeiro lote de vagões ferroviários de carga. A fábrica inaugurada há cerca de três meses prepara a plataforma modelo PET, projetada para o transporte de materiais siderúrgicos e containeres de 2 polegadas da MRS.  O vagão possui um peso bruto de 130 toneladas  e é destinado ao transporte nas vias de bitola larga.

A logística de produção e distribuição dos vagões ferroviários é facilitada pela infraestrutura rodoferroviária da região, colocando a  empresa mais próxima dos mercados consumidores. O mix de produtos para o segmento ferroviário conta com os modelos hopper, gôndola, tanque, carga geral, plataforma, sider e telescópico.

Ocupando uma área total de 122 hectares, 25 mil m² dos quais ocupados pela fábrica, área administrativa e apoio, a Randon Araraquara conta com capacidade de produção para até 2.000 unidades/ano, entre semirreboques e vagões ferroviários, a empresa visa atender, nesta primeira etapa, a demanda de produtos característicos da região sudeste do país, utilizados no cultivo da cana-de-açúcar, no transporte de cargas industrializadas e que se beneficiam da infraestrutura rodoferroviária existente. A mais nova unidade recebeu investimentos na ordem de R$ 100 milhões e até agora produziu semirreboques canavieiros fabricados para o transporte de cana-de-açúcar.

 

 

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.