Ford comemora 10 milhões de Mustangs

Alguns automóveis deixam de ser simplesmente um produto da indústria automotiva, para se transforarem em mitos. O Mustang está justamente nesta categoria, um ícone. A prova é que a Ford comemora a produção de 10 milhões do muscle car, que saiu pela primeira vez da linha de montagem em 1964.

Presente em vários países, o Mustang já foi até personagem de vários filmes, no entanto aquele que deu fama ao carro foi  em Bullit, em 1968, onde o ator Steve McQueen pilotava pelas ruas de São Francisco, a versão GT do esportivo.

Para comemorar a data, a Ford escolheu um Mustang GT conversível branco Wimbledon, com motor V8 de 466 cv, câmbio manual de seis velocidades e tecnologias avançadas de assistência ao motorista, produzido na fábrica da  montadora em Flat Rock, Michigan,nos Estados Unidos. O primeiro Mustang de série (VIN 001) produzido em 1964 era da mesma cor e modelo, com motor V8 de 166 cv e câmbio manual de três marchas.

Como parte da festa, mais de 60 proprietários de Mustangs de várias épocas ajudaram a escrever o número 10.000.000 com os carros na fábrica de Flat Rock, com sobrevoo de três caças P-51 Mustang. Durante seus 54 anos de história, o Mustang foi produzido também em San Jose, Califórnia, em Metuchen, Nova Jersey, e na fábrica original em Dearborn, Michigan. O  carro conta com o maior número de fãs no Facebook em todo o mundo.

Considerado o melhor de todos os tempos, o Mustang 2018 é oferecido no Brasil na versão de topo GT Premium, com motor V8 5.0 de 466 cv, transmissão automática de 10 velocidades com opção de trocas no volante e pacote de performance de série. Ele vem com suspensão adaptativa MagneRide, freios esportivos Brembo, seis modos de condução, piloto automático adaptativo, alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem e detecção de pedestres, assistente de frenagem de emergência e sistema de permanência em faixa com detecção de fadiga.

Versões históricas

1965 – Lançamento do Shelby GT350 e estreia do Mustang 2+2 com teto totalmente fastback

1968 – O Mustang 390 GT estrela o filme “Bullitt” com Steve McQueen e o motor Cobra Jet 428 é introduzido na linha

1969 – Lançamento dos modelos de alta performance Boss 302 e Boss 429

1970 – Introdução da entrada de ar “Shaker” no capô

1974 – Estreia do Mustang II em meio à crise do petróleo, suspendendo a oferta do motor V8 até 1975

1976 – Introdução da versão Cobra II na linha

1979 – Estreia da plataforma “Fox” do Mustang de tendência europeia

1982 – Retorno do Mustang GT após 12 anos de ausência

1984 – Estreia do Mustang SVO (Special Vehicle Operations), de produção limitada

1993 – Estreia da edição limitada Mustang Cobra SVT (Special Vehicle Team)

2000 – Retorno do Mustang Cobra R SVT de competição

2001 – Estreia da edição limitada comemorativa Mustang Bullitt

2003 – Retorno do Mustang Mach 1 com entradas de ar “Shaker” no capô

2004 – A produção do Mustang é transferida da fábrica de Dearborn para Flat Rock, após 40 anos

2007 – Volta da versão California Special

2008 – Volta do Mustang Bullitt

2011 – Estreia do novo motor V8 5.0 de 417 cv no Mustang GT

2012 – Lançamento do primeiro Mustang Boss 302 desde 1971, com motor V8 de 446 cv

2015 – Lançamento do Mustang de sexta geração, o primeiro com suspensão traseira independente, e dos modelos Shelby GT350 e GT350R com motor V8 5.2 de virabrequim plano

2018 – Renovação do estilo, introdução do motor V8 5.0 de 466 cv e do Pacote de Performance II

2019 – Lançamento da edição limitada Mustang Bullitt, com 486 cv.

 

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.