Mercedes lança no Brasil o G 63

A Mercedes-Benz está lançando no país a nova geração do jipe Classe G. O modelo custa R$ 1.049.900, enquanto a edição especial, G 63 Edition 1, tem preço sugerido de R$ 1.179.900. Equipado como motor V8 biturbo AMG de 4,0 litros,  de 585 cv de potência e torque máximo de 850 Nm, faz de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos e a velocidade máxima, limitada eletronicamente a 220 km/h, conta com transmissão automática de nove velocidades, suspensão dianteira independente com braços em V e a suspensão ajustável adaptativa

Externamente o jipinho não teve grandes mudanças visuais, mas ganhou grade do radiador Panamericana, arcos de rodas salientes, ponteiras laterais do sistema de escapamento e as rodas, agora com até 22 polegadas de diâmetro, faróis em LED 84 módulos. O interior ganhou quadro de instrumentos digital, central multimídia com duas telas de 12,3 polegadas, com três modos de exibição.

Controle de suspensão

O G63 conta com conjunto de suspensão com amortecimento ajustável adaptativo. O sistema totalmente automático e controlado eletronicamente ajusta o amortecimento de cada roda às necessidades do momento, aumentando a segurança da condução e o conforto de rodagem. O amortecimento é ajustado individualmente para cada roda de acordo com o estilo de condução, superfície da estrada e o ajuste de suspensão selecionado. Por meio de um comando no console central, o condutor pode escolher entre três diferentes conjuntos de características de amortecimento: “Comfort”, “Sport” e “Sport+”, que pode ser desde muito confortável até mais rígida e esportiva

A direção eletromecânica sensível à velocidade tem redução variável, para assegurar uma resposta e sensibilidade precisas, é disponibilizada em dois modos – “Comfort” ou “Sport”. Outra novidade no  jipe é a possibilidade da escolha do modo de dirigibilidade:DYNAMIC SELECT, “Slippery” (escorregadio), “Comfort”, “Sport”, “Sport+” e “Individual”, as características variam entre eficiente e confortável a muito esportivo. Os modos modificam os parâmetros mais importantes, como a resposta do motor, transmissão, regulagem da suspensão e direção. Independentemente dos programas de condução DYNAMIC SELECT, o condutor tem a opção de pressionar a tecla “M” para mudar diretamente para o modo manual, no qual as mudanças de marchas são executadas exclusivamente utilizando as aletas do câmbio posicionadas no volante. Se for preciso, os estágios da suspensão ajustável adaptativa também podem ser selecionados.

Três modos off-road – “Sand” (areia), “Trail” (trilha) e “Rock” (pedra) – estão disponíveis para rodagem fora da estrada. Eles são acessados pelo comando no console central para ativação do bloqueio do diferencial central e podem ser selecionados por meio da tecla DYNAMIC SELECT. O modo “Trail” permite máximo desempenho em superfícies escorregadias, macias, ou na lama. Já o modo “Sand” modifica os parâmetros para um comportamento esportivo e a melhor aderência e dirigibilidade possíveis em trechos de areia ou nas dunas.  “Rock” é o modo para terrenos rochosos extremamente exigentes, com articulação severa dos eixos e frequente elevação de uma ou mais rodas.

Todos os modos de condução, tanto on-road como off-road, são visualizados no conjunto de instrumentos e no display de mídia central. A desativação de todos os bloqueios retorna a regulagem para os modos de condução na estrada.

 

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.