Peugeot Citroën tem nova concessionária no Rio

A Peugeot Citroën quer conquistar o mercado carioca, como teve em um passado não tão distante. A prova é que a inauguração da concessionária Paris, localizada na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da capital fluminense, trouxe a Country Mananger da montadora francesa, Ana Theresa Borsari.

A executiva explicou que o Rio é importante na estratégia de conquistar novos clientes e fideliza-los. Para isso, a aposta está nos modelos oferecidos no mercado nacional, onde a Citroën conta com veículos no estilo life style, enquanto a Peugeot tem os SUVs – 5008, 3008 e 2008, mais ousados.

Segundo a executiva, as mudanças feitas pelo grupo nos últimos tempos vêm trazendo retornos importantes como a quebra do mito da desvalorização na hora da revenda, programas com descontos em peças e revisões, valorização do modelo usado na compra de um zero quilômetro.

“A reestruturação foi importante, queremos ampliar nossa rede concessionárias até 2022. Hoje, a Citroën tem um share de 5.3% no mercado brasileiro, o nosso mais recente lançamento, o Cactus emplacou 5.700 unidades”, disse.

Sobre novos lançamentos, Ana Theresa afirma que as duas marcas terão novidades em breve, assim como a DS também terá lançamento. No entanto, descartou trazer modelos Opel para o país.

Ocupando uma área com mais de três mil metros quadrados, gerando 60 empregos diretos e 100 indiretos,  a bi marca pretende ganhar espaço no mercado carioca. Um dos seus proprietários, Fábio Marques, a experiência na comercialização de veículos é antiga. “Já tivemos loja multimarcas e estamos trazendo para a Paris nosso conhecimento. As marcas Citroën e Peugeot têm um potencial de crescimento. A nossa expectativa é vender entre 60 a 80 unidades por mês” , diz Marques.

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.