Classe A sedã chega ao Brasil por R$ 139.900

 A Mercedes-Benz iniciou as vendas do Classe A sedã no país. Lançado no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro, ele será encontrado em duas versões A 200 Sedan Style que tem preço sugerido de R$ 139.900,  e A 200 Sedan Advance , por R$ 169.900.

As duas versões contam com a mesma motorização 1.3 turbo de quatro cilindros (gasolina), 163 cavalos de potência e 25 kgfm de torque, câmbio automático de sete velocidades, velocidade máxima limitada eletronicamente a 230 km/h, vai de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos.

Medindo  4,5 metros de comprimento, 2m de largura, 1,5m de altura e porta-malas de 430 litros, o veículo traz de série Assistente de Frenagem Ativo, sete airbags, integração com smartphone por meio dos sistemas Apple CarPlay e Android Auto, que possibilita a navegação com Waze, câmera traseira de alta resolução com linhas auxiliares dinâmicas que oferecem apoio durante a manobra para estacionar, rodas de liga leve de 18 polegadas. O modelo oferece ainda sistema multimídia com cockpit Widescreen de alta resolução.

Na versão Advance vem com duas telas integradas de 10,25 polegadas, as funções podem ser acionadas por meio do volante multifuncional, do “touchpad” no console central, via toque no próprio display de mídia ou pelo controle vocal inteligente com reconhecimento de fala, ativado por meio das palavras-chave “Olá”, “Oi” ou “E Aí” seguidas por “Mercedes”. Funções como ajuste do ar condicionado, escolha de uma estação de rádio e abertura da persiana do teto-solar.

Já a versão Style conta com duas telas integradas de sete polegadas,pacote visual Style que traz a grade do radiador em formato diamante, com pinos pretos, para-choque dianteiro em formato “A-wing”, assentos conforto em três opções de cores.

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.