Pastilhas de freio merecem atenção na hora da revisão

As pastilhas de freio são fundamentais para a segurança veicular, e merecem toda a atenção durante a revisão.  O desgaste dos componentes depende muito do modo de condução de cada motorista, das condições de uso e até mesmo do estado dos sistemas de suspensão e de freio. Por esse motivo, é importante que as pastilhas sejam verificadas periodicamente, a cada cinco mil quilômetros, a fim de se acompanhar o nível de desgaste do componente e evitar problemas de frenagem.

Segundo especialistas da Cofap, empresa de reposição de componentes automotivos, elas devem ser substituídas sempre que atingirem espessura mínima de 3mm do material de atrito ou quando ocorrer desgaste irregular e também quando se perceber qualquer deficiência durante as frenagens.

Durante a troca do componente, é preciso observar as condições dos discos de freio. Caso a peça apresente sulcos profundos, rebarbas, empenamento ou espessura abaixo da mínima indicada pelo fabricante do veículo, ela deve ser substituída. Outro fator importante durante a instalação das pastilhas é verificar se não há presença de graxa, óleo, fluido de freio ou qualquer outro material que possa prejudicar o atrito das pastilhas com os discos de freios.

 A fabricante  é referência no mercado de reposição de autopeças, com um portfólio de 56 linhas de produtos para os sistemas de suspensão, injeção, transmissão, refrigeração, elétrico, iluminação, motor e freios, e mais de 300 códigos de pastilhas de freio que atendem a 95% da frota circulante.

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.