Ranger 2020 teve a suspensão redesenhada

  A Ford redesenhou o sistema de suspensão da versão 2020 da Ranger O objetivo foi o de oferecer mais conforto aos ocupantes, independente do tipo de piso que a picape esteja rodando.   

A nova suspensão conta com barra estabilizadora e coxins redesenhados, longarinas do chassi reforçadas e ajustes diferentes de molas e amortecedores para cada versão. Ela melhora o controle de movimentação da carroceria em todo o curso do sistema, aproveitando os seus limites máximos. O motorista sente a diferença, por exemplo, ao transpor lombadas ou rodando em terrenos acidentados.

A Ranger tem capacidade de imersão de 800 mm, é capaz de rebocar até 3,5 toneladas, encara rampas de 45 graus. Vem de série com controle eletrônico de estabilidade e tração AdvanceTrac, sistema anticapotamento que monitora a velocidade das rodas, o acelerador e a direção 100 vezes por segundo para fazer as correções necessárias. Tem ainda controle adaptativo de carga, que garante a estabilidade com o veículo vazio ou carregado, e controle de descida.

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.