Mercedes-AMG GT R PRO, veloz e para poucos

Somente quatro brasileiros poderão desfrutar plenamente da versão mais cara de um modelo da Mercedes-Benz, o AMG GT R PRO. Mas para isso tiveram que desembolsar a quantia de R$1.699,900, para tê-lo na garagem. O esportivo tem série especial de apenas 750 unidades.

Equipado com um motor V8 biturbo, 4 litros, de 585 cv de potência a 6.250 rpm, vai de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos, e a velocidade máxima de 318 km/h, o bólido foi criado a partir das pistas de corrida, tanto que traz de série o sistema AMG Track Pace tem uma variedade de funções e quando acionada mais de 80 conjuntos de dados específicos do veículo (velocidade e aceleração, por exemplo) são registrados dez vezes por segundo. Há indicações dos tempos de volta e setores, além da diferença do tempo de referência. Como os elementos específicos são mostrados em verde ou vermelho, o piloto pode ver sem ler os números, se está mais rápido ou mais lento. O piloto pode usar os dados para analisar e até melhorar sua performance.  Além disso, os valores de aceleração e desaceleração podem ser medidos e armazenados.

O AMG Track Pace é capaz de detectar quando o veículo sai do circuito ou a volta foi encurtada. Isto é feito com a utilização dos dados do GPS, assim como dos sensores do veículo (aceleração, giroscópio, ângulo de esterço, rotação das rodas). Os dados são mostrados na tela multimídia e no painel digital. Pistas de corrida mais conhecidas como, por exemplo, Nürburgring ou Spa Francorchamps, já estão armazenadas no sistema. Além dessas, também é possível registrar seus próprios circuitos. 

O bólido oferece ao piloto diferentes modos de condução: Slippery, Comfort, Sport, Sport Plus, Race e Individual. Ele também pode regular mecanicamente a carga das molas, mas ajustar a compressão e expansão dos amortecedores, sem necessidade de ferramentas de um sistema. O grau de compressão é ajustado separadamente para movimentação em alta e baixa velocidades. Isso significa que as regulagens podem ser ajustadas para movimentos de compressão lentos ou rápidos, como é comum no automobilismo.

O carro tem de série o Track Package, que inclui um sistema de proteção anticapotagem, cintos de segurança de quatro pontos para o condutor e passageiro da frente e um extintor de incêndio de dois quilos (exclusivamente para uso em pistas de corrida). A gaiola de aço aparafusada do sistema de proteção anticapotagem consiste em uma barra de proteção principal, uma barra para montagem dos cintos e duas barras traseiras, assim como uma barra diagonal em X na traseira.

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.