Chevrolet inicia pré-venda do Bolt

Teve início nesta sexta-feira (1/11), a pré-venda do Bolt EV  no país. O crossover elétrico da Chevrolet, que tem preço de R$ 175 mil, será vendido inicialmente em 12 cidades selecionadas. No entanto, a entrega do veículo só acontece a partir de fevereiro de 2020. Os interessados podem fazer as reservas no site da Chevrolet (www.chevrolet.com.br) ou em uma das 25 concessionárias credenciadas.

As cidades que participam da pré-venda do Bolt são: São Paulo, Campinas, São José dos Campos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Florianópolis, Joinville (SC), Recife (PE) e Vitória (ES).

Painel com informações ao alcance do motorista

A estratégia da montadora para a venda do Bolt é a seguinte, entrada no valor de R$ 70 mil (equivalente a 40%),  48 prestações de R$ 1.733,00 (juros de 0,79% ao mês) e um residual de R$ 52.500 pago no final dos quatro anos.

Versão única

Câmeras de alta definição de 360 graus

O Bolt será vendido em uma única versão, Premier que é bem completa. Traz de série câmera de 360 graus com câmeras auxiliares de alta definição; o espelho retrovisor se transforma em  uma tela onde o motorista pode ver imagens da traseira, painel digital com tela de 8 polegadas, central multimídia com  MyLink com tela de 10,2 polegadas compatível com Apple CarPlay e Android Auto; sensor crepuscular, pneus autovedantes com rodas aro 17.

Retrovisor projeta imagens da traseira

A lista de equipamentos tem ainda faróis com tecnologia HID e luzes de condução diurna em LED, lanternas traseiras em LED, 10 airbags, assistente de permanência na faixa, alerta de ponto cego com sensor de aproximação repentina, aviso de tráfego traseiro cruzado, alerta de colisão frontal com detecção de pedestres, frenagem automática em baixa velocidade para reduzir acidentes, bancos de couro com aquecimento e ventilação , sistema de partida do motor por controle remoto e freio de estacionamento elétrico com acionamento por botão.

Motor e recarga

Equipado com um motor elétrico de 203 cavalos de potência, 36,7 kgfm de torque, bateria de íons de lítio de 60 kWh, a autonomia  é de 416 km , vai de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos.  A recarga pode ser feita em uma tomada de 220V, e leva cerca de 10 hora a bateria estar com força máxima.  

Uma outra opção são os eletropostos de alta voltagem, onde em 30 minutos de recarga, o Bolt tem autonomia de 160 km.  Em um wallbox, que  custa R$ 8.500,  o tempo diminui para 9 horas em uma recarda de 0 a 100%. Já em carregadores de shoppings e postos  leva em torno de uma hora.

O Bolt mede 4.165 mm de comprimento,  1.765 mm de largura,  1.610 mm de  altura, o entre-eixos é de 2.600 mm, pesa 1,6 toneladas, porta-malas com capacidade de 478 litros ou 1603 litros com os bancos traseiros rebatidos.

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.