Di Grassi quer vitória na Suíça

O piloto brasileiro Lucas Di Grassi, da equipe Audi Sport, que neste sábado entra na pista para brigar pela liderança do Campeonato Mundial de Fórmula E. A prova acontece em Berna, na Suíça, e em caso de vitória pode aproximá-lo do líder da competição o Jean-Eric Vergne (equipe DS Techeetah), que totaliza 102 pontos.

Com dez vitórias e 30 pódios (55% do total de provas disputado pela categoria), Di Grassi foi o vencedor da mais recente etapa do torneio, realizada há um mês em Berlim (Alemanha). Com um total de 84 pontos ainda em jogo nas três provas finais do Campeonato Mundial de Fórmula E , ele sabe que precisa bater não apenas Vergne, mas vários outros pilotos.

“Há uns dez pilotos com chance de brigar pelo título ainda, embora mais realisticamente acho que os cinco primeiros têm mais condições. Mesmo faltando apenas três corridas para o final, em uma temporada de treze provas. Nesse contexto, sair da Suíça com um bom resultado, que não precisa ser necessariamente a vitória, é o mais importante. A meta é chegar na rodada dupla de Nova Iorque, em meados de julho, com chances reais de ser campeão. Na visão da nossa equipe, é isso ou nada”, diz.

Segundo o piloto o circuito tem um traçado diferente. “Este ano vamos competir em Berna, em um traçado totalmente diferente. É a primeira vez que vamos correr lá. É uma pista muito distinta de todas as que utilizamos na Fórmula E, especialmente os trechos em subida e descida, um detalhe que realmente vai separar os homens dos meninos. Fizemos muitos treinos no simulador, mas nada pode simular o frio na barriga que você sente em uma pista com mudanças súbitas de elevação. Para o público, será ótimo de assistir. Para os pilotos, um desafio a parte”, finaliza Di Grassi.

Antonio Puga

Antonio Puga

Antonio Puga é jornalista, especializado no setor automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.