Aprenda regular os faróis do automóvel na garagem de casa

Transitar com o farol desregulado ou com o facho de luz alta de forma a atrapalhar a visão de outro condutor pode gerar multa de R$ 195,23, além de 5 pontos da carteira de motorista (CNH). Trata-se de uma infração grave e seu veículo pode ser retido até a regularização do problema, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). 

Faróis desregulados também ofuscam a visão de quem trafega no sentido contrário e se estiverem muito baixo, não iluminam adequadamente a via. Para evitar tudo isso, a Philips explica, passo a passo, o processo para regular a altura dos faróis, na garagem de casa, com uso de
uma fita métrica e ferramentas adequadas.

Para iniciar o processo de regulagem, motorista deve posicionar o veículo a cinco metros de distância da parede. Use a fita métrica e as devidas marcações. 

O passo seguinte é realizar a medição da altura do farol (centro da ótica) até o solo. Vamos supor que essa medida seja 66 centímetros; ela servirá de referência para a marcação seguinte, ou seja, na parede. A conta é simples: a medida da altura do farol até o solo subtraia 5 cm a menos, o equivalente a 5 metros de distância, ou seja 1% de inclinação do farol (um metro de distância, um centímetro a menos – 66 – 5 = 61). 

Na parede da garagem, faça uma marcação; uma linha horizontal (pode ser com fita crepe) a exatos 61 centímetros de altura. Ligue os faróis e verifique a projeção do facho de luz – deve estar posicionada sobre a linha, sem sombras de luz ou manchas escuras abaixo ou acima do traço. 

Se o facho estiver fora da marcação (linha horizontal), o farol precisa ser alinhado. Para isso, levante o capô do veículo e encontre os parafusos localizados sobre o farol para os devidos ajustes. Com as ferramentas corretas, ajuste corretamente os fachos de ambos os lados, posicionando a projeção da luz sobre a linha demarcada na parede

Alexandre Akashi

Alexandre Akashi

Editor da Revista Farol Alto alexandre@farolalto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.